post-title portfolio-title Volume 12 / Outubro – Dezembro 2013 2017-12-19 15:23:02 no no

Volume 12 / Outubro – Dezembro 2013

Revista SPR 2013

Dermatomiosite (DM) é uma miopatia inflamatória idiopática caracterizada pela presença de fraqueza muscular proximal simétrica e progressiva dos membros, além de alterações cutâneas típicas, como heliótropo e pápulas de Gottron(1,2) . O prognóstico de DM era bastante sombrio, com uma taxa de mortalidade estimada em torno de 50% a 60%(3) . Com o advento do corticosteroide associado ao uso de diversos imunossupressores, houve melhora significativa da qualidade e da sobrevida. Entretanto, há ainda uma parcela de pacientes refratária a essas medicações. Nestes casos, tem sido preconizado o uso de imunobiológicos, com destaque para o rituximabe, anticorpo monoclonal quimérico (humano e murino) direcionado contra antígeno CD20, encontrado na superfície de linfócitos B(3-6) . Neste estudo, reportamos uma paciente com DM refratária e resposta eficaz ao rituximabe. Além disso, avaliamos prospectivamente os achados histológicos de biópsia muscular.